EP VOL.1

CHURRASCO ELÉTRICO

Facebook SoundCloud Twitter YouTube

EP VOL.1

  • Release date: 2013-11-15

  • 1

    Ela Não Me Deixa Ser O Cara

    Download track Lyrics

    ELA NÃO ME DEIXA SER O CARA
    (Fábio Farello)

    Ela não me deixa ser o cara
    Não me deixa ser como você
    Imagine só que situação
    Parado ali tomando imaginação

    E se chamar pra ser digo que não estou
    E se chamar pra ver eu digo que não vou

    Toda culpa que senti à toa
    É febre na cabeça de gente boa
    Milagre só existe pra quem não vê
    Então como posso ser igual você

    E se chamar pra ser digo que não estou
    E se chamar pra ver eu digo que não vou

    Ela não me deixa ser o cara
    Será por medo ou por prazer?
    na na na na não me deixar ser

    Espere pra ver não sou mais nem menos do que eu

    Ela Não Me Deixa Ser O Cara
  • 2

    Trovejar

    Download track Lyrics

    TROVEJAR
    (Fábio Farello)

    Não sei muito bem se o que digo é compreendido
    Eu já falei tantas vezes que nem sei se mais eu arrisco

    Se começar trovejar não volto pra casa
    Talvez se chover volto pra você

    Não sei muito bem porque insisto, em fazer sentido
    Já pensei tantas vezes que nem sei se é pra correr do perigo

    Se começar trovejar não volto pra casa
    Talvez se chover volto pra você

    Eu sei muito bem não consigo parar no meio do caminho
    E se for pra falar pra arriscar o que é que tem de mal nisso?

    Se começar trovejar não volto pra casa
    Talvez se chover volto pra você

    Trovejar
  • 3

    A Melhor Companhia Da Cidade

    Download track Lyrics

    A MELHOR COMPANHIA DA CIDADE
    (Roger Júnior, Lucas Zuca e Fábio Farello)

    E é provável que eu volte pra te buscar
    Garota eu sou o seu par não vou deixar
    Você ficar sem alguém essa noite
    Eu sei que eu sou a melhor companhia da cidade

    Eu sei que eu sou a melhor companhia da cidade
    Eu sei que eu sou a melhor companhia da cidade

    Eu vou ficar tão solto
    Eu vou ficar mais um pouco
    Não vai passar vontade
    Co'a melhor companhia da cidade

    E é improvável que eu volte pra te buscar
    Já não sou mais seu par não vou ligar
    De te deixar sem alguém essa noite
    E eu sei que eu sou a melhor

    Eu sei que eu sou a melhor companhia da cidade
    Eu sei que eu sou a melhor companhia da cidade

    Eu vou ficar tão solto
    Eu vou ficar mais um pouco
    Não vai passar vontade
    Co'a melhor companhia da cidade

    Eu sei que eu sou a melhor companhia da cidade
    Eu sei que eu sou a melhor companhia da cidade

    A Melhor Companhia Da Cidade
  • 4

    O Dor

    Download track Lyrics

    O DOR
    (Lucas Zuca)

    O dor não me deixe ficar pela estrada
    Dor não me deixe gostar de gente errada
    É dificil ficar esperando o destino
    É dificil de ver o fim do meu caminho
    Dor não me deixe ficar pela estrada
    O dor não me deixe chorar na hora errada

    Mas tudo que aprendi foi com você e nada adiantou
    Tudo que esqueci me arrependi e nada já ficou
    Na vida de um homem que ultrapassa os limites da razão

    O dor não me deixe sonhar na hora errada
    Dor simplesmente seja menos complicada
    É o início do fim, do fim do dia inteiro
    Antigo destino de todo prisioneiro
    O dor não me deixe cair da arquibancada
    Dor simplesmente me tire essa farda

    Mas tudo que aprendi foi com você e nada adiantou
    Tudo que esqueci me arrependi e nada já ficou
    Na vida de um homem que ultrapassa os limites da razão

    Era todo dia toda noite toda manhã de chuva na lua
    Era todo dia toda noite toda manhã de chuva na lua

    E os dias que sonhei pra te encontrar e não estava lá
    Nos dias que tentei te elucidar e nada vai ficar
    Na vida de um homem que ultrapassa os limites da razão
    Na vida de um homem que ultrapassa os limites da razão

    O Dor

Produzido por Churrasco Elétrico
Bateria e Baixo gravados no estúdio Fábrica de Sonhos
Edição, Mixagem e Masterização: Fábio Farello
Design da capa: Fábio Farello e Gustavo Beber

“Esse EP de estreia é puxado por “Ela Não Me Deixa Ser o Cara”, algum zeitgeist involuntário com o Roberto Carlos, cujo som anos 60/70 não fica distante no referencial, no vocal. A Jovem Guarda, ou parte dela, foi a nossa psicodelia pré-Mutantes, com seus teclados dramáticos. O Churrasco Elétrico tem isso, é carregado por isso.

Atravesse essa primeira música, e o EP só melhora. “Trovejar”, a que vem a seguir, é ótima, de tão debochadamente básica. Sonoridade impecável, das guitarras à bateria e teclados, do jeito de cantar às letras. É tipo tudo o que você ouviu por aí. Mas que funciona que é uma beleza com o Churras (Sorry, não resisti!): “Se começar trovejar, não volto para casa. Talvez, se chove, eu volto pra você”, assim, desse jeito, antecipando o duelo solo de teclado vs. guitarra.

Faltam duas músicas para acabar o EP. “A Melhor Companhia da Cidade” é boa também e já ganhou vídeo esperto. Já já mostro. É tipo música com nome “como assim?” que pode enganar pelo andamento “normal” inicial, mas cresce bem. O disco acaba com “O Dor”, que acho ser mais bem batizada como “Ô, Dor”ou “Oh, Dor”, é a baladaça do disco. Talvez minha preferida. Talvez. Letra ótima e a melhor combinação voz-teclado jovem guarda. Rola até um pianinho.

Agora é com você. Encare aí o Churrasco Elétrico. Quero ver.”

por Lúcio Ribeiro (Blog POPLOAD)
 

” EP Vol. 1 é enfim a estréia física oficial dos paulistas do Churrasco Elétrico (que são de Araraquara mas atualmente estão radicados em Sampa), um dos novíssimos melhores grupos em atividade na indie scene paulistana. Aqui também a modernice pop rock passa longe, e isso é ótimo: são quatro faixas fodásticas onde ecos de Jovem Guarda, psicodelia e rock garageiro à la sixties reinam absolutos. Dá pra dançar e morrer de alegria com “Ela não me deixa ser o cara”, “Trovejar” e “A melhor companhia da cidade”. E ainda tem a especialíssima balada “O Dor”, com pianos e órgãos sessentistas que inebriam o ouvinte de satisfação. O epzinho estará à venda a partir desta semana nas melhores lojas de rock de Sampa.”

por Humberto Finatti (Blog Zap’N'Roll)

FICHA TÉCNICA:

ELA NÃO ME DEIXA SER O CARA

LUCAS ZUCA | Vocal
FÁBIO FARELLO | Guitarra, Backing Vocal, Piano e Percussão
ROGER JÚNIOR | Órgão e Backing Vocal
EDUARDO BARRETTO | Baixo
GUSTAVO BEBER | Bateria

TROVEJAR

LUCAS ZUCA | Vocal
FÁBIO FARELLO | Guitarra, Backing Vocal e Percussão
ROGER JÚNIOR | Órgão, Piano e Backing Vocal
EDUARDO BARRETTO | Baixo
GUSTAVO BEBER | Bateria

A MELHOR COMPANHIA DA CIDADE

LUCAS ZUCA | Vocal
FÁBIO FARELLO | Guitarra, Backing Vocal e Percussão
ROGER JÚNIOR | Órgão, Piano e Backing Vocal
EDUARDO BARRETTO | Baixo
GUSTAVO BEBER | Bateria

O DOR

LUCAS ZUCA | Vocal
FÁBIO FARELLO | Guitarra, Backing Vocal, Piano e Percussão
ROGER JÚNIOR | Órgão e Backing Vocal
EDUARDO BARRETTO | Baixo e Backing Vocal
GUSTAVO BEBER | Bateria

LETRAS

ELA NÃO ME DEIXA SER O CARA
(Fábio Farello)

Ela não me deixa ser o cara
Não me deixa ser como você
Imagine só que situação
Parado ali tomando imaginação

E se chamar pra ser digo que não estou
E se chamar pra ver eu digo que não vou

Toda culpa que senti à toa
É febre na cabeça de gente boa
Milagre só existe pra quem não vê
Então como posso ser igual você

E se chamar pra ser digo que não estou
E se chamar pra ver eu digo que não vou

Ela não me deixa ser o cara
Será por medo ou por prazer?
na na na na não me deixar ser

Espere pra ver não sou mais nem menos do que eu

TROVEJAR
(Fábio Farello)

Não sei muito bem se o que digo é compreendido
Eu já falei tantas vezes que nem sei se mais eu arrisco

Se começar trovejar não volto pra casa
Talvez se chover volto pra você

Não sei muito bem porque insisto, em fazer sentido
Já pensei tantas vezes que nem sei se é pra correr do perigo

Se começar trovejar não volto pra casa
Talvez se chover volto pra você

Eu sei muito bem não consigo parar no meio do caminho
E se for pra falar pra arriscar o que é que tem de mal nisso?

Se começar trovejar não volto pra casa
Talvez se chover volto pra você

A MELHOR COMPANHIA DA CIDADE
(Lucas Zuca, Fábio Farello e Roger Júnior)

E é provável que eu volte pra te buscar
Garota eu sou o seu par não vou deixar
Você ficar sem alguém essa noite
Eu sei que eu sou a melhor companhia da cidade

Eu sei que eu sou a melhor companhia da cidade
Eu sei que eu sou a melhor companhia da cidade

Eu vou ficar tão solto
Eu vou ficar mais um pouco
Não vai passar vontade
Co’a melhor companhia da cidade

E é improvável que eu volte pra te buscar
Já não sou mais seu par não vou ligar
De te deixar sem alguém essa noite
E eu sei que eu sou a melhor

Eu sei que eu sou a melhor companhia da cidade
Eu sei que eu sou a melhor companhia da cidade

Eu vou ficar tão solto
Eu vou ficar mais um pouco
Não vai passar vontade
Co’a melhor companhia da cidade

Eu sei que eu sou a melhor companhia da cidade
Eu sei que eu sou a melhor companhia da cidade

O DOR
(Lucas Zuca)

O dor não me deixe ficar pela estrada
Dor não me deixe gostar de gente errada
É dificil ficar esperando o destino
É dificil de ver o fim do meu caminho
Dor não me deixe ficar pela estrada
O dor não me deixe chorar na hora errada

Mas tudo que aprendi foi com você e nada adiantou
Tudo que esqueci me arrependi e nada já ficou
Na vida de um homem que ultrapassa os limites da razão

O dor não me deixe sonhar na hora errada
Dor simplesmente seja menos complicada
É o início do fim, do fim do dia inteiro
Antigo destino de todo prisioneiro
O dor não me deixe cair da arquibancada
Dor simplesmente me tire essa farda

Mas tudo que aprendi foi com você e nada adiantou
Tudo que esqueci me arrependi e nada já ficou
Na vida de um homem que ultrapassa os limites da razão

Era todo dia toda noite toda manhã de chuva na lua
Era todo dia toda noite toda manhã de chuva na lua

E os dias que sonhei pra te encontrar e não estava lá
Nos dias que tentei te elucidar e nada vai ficar
Na vida de um homem que ultrapassa os limites da razão
Na vida de um homem que ultrapassa os limites da razão